arquitectura, interior e design
 
   
casa de férias livro de obra    
projecto anterior
projecto seguinte
 
projecto
remodelação de habitação unifamiliar

Das ruínas provocadas por um incêndio nasce, onde já existiu, uma nova casa. A casa e o habitar, um conceito tantas vezes trabalhado é contudo sempre um novo desafio. Cada pessoa é única, e cada casa deve-o ser também. A casa que antes era do dia a dia é agora uma casa de férias.

Mantêm-se as paredes estruturais, de pedra, e a casa organiza-se em torno de um novo elemento, uma estufa que surge onde antes existiam quartos. Recebe as pessoas e permite a transição da zona social para a zona íntima.

A zona social mantém o carácter que havia, e a cozinha, apenas um balcão na parede de fundo, convive sem problemas com a zona de jantar e estar articuladas por uma lareira que substitui a pedra de fazer fogo que antes existia. Diferente, mas igual. O carácter permanece, mudam-se apenas os materiais de acabamento para dar respostas às necessidades contemporâneas.

No outro extremo, temos a zona íntima, apenas reorganizada para uma maior qualidade do espaço.

A intervenção está então ao nível das articulações do espaço e dos materiais de acabamento. As paredes recebem o branco da tinta directamente sobre a pedra e o pavimento de um único material, o betão branco polido. O objectivo, a luz, a tranquilidade e a homogeneidade do espaço que se quer minimal.
cliente
particular
localização
penafiel
data
setembro 2003
 
arquitectos, porto, portugal.
© 2007 Todos os direitos reservados.